sexta-feira, 6 de julho de 2012

Tudo o que eu queria te dizer (RJ)


Foto: divulgação

A simples espetacularidade

                “Tudo o que eu queria te dizer” é um excelente espetáculo teatral a partir o livro homônimo de Martha Medeiros. Interpretado por Ana Beatriz Nogueira, a peça é dirigida por Victor Garcia Peralta e consiste na encenação das cartas que, são, na obra literária, os capítulos do livro. Cada carta é de um personagem diferente, endereçada a um ou mais personagens diferentes. Não há relações claras entre os textos que, na peça, viram cenas. Esse é o convite de Medeiros ao leitor e, também, a proposta de Peralta para o público. Em cartaz no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea, o espetáculo é tão simples como nobre, tão profundo quanto humano, tão literário quanto teatral. Faz aquilo que se propõe fazer e, por isso, colhe o sucesso nessa temporada que já não é a sua de estreia.
                Personagem após personagem, carta após carta, Ana Beatriz Nogueira oferece ao público um delicado trabalho de interpretação. Embora seja o público tentado a encarar a evolução das cenas como um desafio (“como será que ela vai fazer a próxima personagem?”), o que se vê é jogo de entrega às nuances sutis e simbólicas de cada universo, recheando as narrativas com surpresas, altos e baixos, peripécias. Nas diferentes possibilidades do uso da voz e da riqueza de seus tons, não há, ao que parece, a vontade de aparecer, mas o desejo alcançado de fazer aparecer uma figura humana, como nós, como a atriz, como a autora. O resultado é uma celebração do momento de encontro: o teatro é, afinal, uma ocasião em que se festeja o homem e suas grandezas.
                A iluminação de Maneco Quinderé e a trilha sonora de Gabriel Mesquita são, ao mesmo tempo, potentes e belas. Acompanham o ritmo lhe propondo alterações, mas, também, contribuem no sentido de deixar o espetáculo simples mais espetacular. No palco, com a inteligente, porque atenta, direção de Victor Garcia Peralta, eis um exemplo de que, bem explorado, o pouco faz muito.

*
Ficha técnica:
Texto: Martha Medeiros
Direção: Victor Garcia Peralta
Interpretação: Ana Beatriz Nogueira
Iluminação: Maneco Quinderé
Trilha Sonora: Gabriel Mesquita

Nenhum comentário:

Postar um comentário